Skip Navigation

Institute for International Programs

NEPNEP – Mozambique

Mozambique program

Melhor uso dos dados.

Programas mais fortes.

Maior impacto.

THEA PLATAFORMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO É

MELHOR AVALIAÇÃO SIGNIFICA MELHOR SAÚDE

Acelerar o progresso na saúde e nutrição das mulheres e crianças - de uma forma que seja equilibrada, sustentável e responsável - exige que Moçambique amplie as intervenções com resultados comprovados em contextos locais. A Plataforma Nacional de Avaliação equipa o Governo de Moçambique com ferramentas e competências para avaliar os programas de saúde e nutrição pela identificação, compilação sistemática e análise rigorosa de dados de diversas fontes. Com base em evidências, os líderes nacionais e distritais podem tomar decisões estratégicas que irão obter o máximo impacto a nível de saúde e nutrição para as mulheres e crianças de Moçambique.

A NEP É PROPRIEDADE DE MOÇAMBIQUE E É LIDERADA POR MOÇAMBIQUE

De 2014 até 2016, Moçambique irá criar a Plataforma Nacional de Avaliação, com orientação técnica do Instituto para Programas Internacionais (IIP) da Universidade Johns Hopkins e apoio financeiro do Governo do Canadá. Como instituição “sede” da NEP, o Instituto Nacional de Saúde (INS) mantém os dados, realiza as análises e lidera os workshops práticos de criação de capacidades, com equipas de outros intervenientes da NEP do sector público. Instituições do sector público focadas em SMNI&N—incluindo o Ministério da Saúde, o Ministério de Planificação e Desenvolvimento (MPD), o Instituto Nacional de Estatística (INE), e o Secretariado Técnico de Segurança Alimentar e Nutrição (SETSAN)—prometeram o seu apoio à NEP e são os principais intervenientes em cada aspecto do desenvolvimento e utilização da NEP. Um Comité Consultivo de Alto Nível de líderes das instituições intervenientes moçambicanas identifica as questões prioritárias de avaliação, recebe os resultados da NEP e transmite esses resultados aos decisores para utilização no reforço das políticas e programas de saúde e nutrição.

Moçambique é um dos quatro países africanos que estão a criar a NEP. O sucesso no desenvolvimento da plataforma em Moçambique pode proporcionar um modelo para reprodução e desenvolvimento da abordagem da NEP noutros países com consideráveis desafios em termos de saúde e nutrição.

O PROCESSO DA NEP

Dados

A NEP reúne dados de saúde, nutrição e dados contextuais de uma série de fontes multissectoriais, incluindo inquéritos aos agregados familiares, censos, o DHIS-2 e outros dados de rotina de Sistemas de Informação de Saúde, e outras bases de dados. A NEP é orientada pela Estrutura Comum de Avaliação - um modelo que mapeia as entradas/processos, saídas, resultados e impacto - e os dados de indicadores de cada componente da Estrutura Comum de Avaliação são usados na avaliação. O Grupo Técnico de Trabalho (GTT) da NEP, compreendeespecialistas em monitorização e avaliação das instituições intervenientes na NEP, que recebem formação para formular perguntas específicas, avaliar e analisar dados da NEP. O GTT da NEP também fornece resultados aos decisores do governo, planificadores, programáticos e outros intervenientes. À medida que os dados adicionais ficam disponíveis, a NEP é actualizada, criando um conjunto de dados longitudinais que permite  análises de tendências temportal.

Análise

A NEP permite o uso de métodos analíticos rigorosos para avaliar o impacto dos programas e estratégias. Suporta as análises de dose resposta, análises de tendências temporal e o modelo Lives Safe Tools (LiST). Os decisores políticos moçambicanos podem incumbir ao GTT de realizar análises comparativas de factores contextuais que afectam a implementação e os resultados do programa locais, incluindo a dinâmica da população, o clima, conflitos, e fatores sociais e culturais. A NEP também facilita análises de equidade, para identificar as populações que não estão a ser alcançadas pelas intervenções chave.

Comunicação

Usando os resultados da NEP, o Governo pode identificar e transmitir claramente as necessidades em relação à SMNI&N do país, o seu progresso no cumprimento dessas necessidades, e as lacunas que permaneçam. A NEP ajuda a reforçar a capacidade de comunicar os resultados de forma mais clara às comunidades, parceiros e doadores, e a preparar um caso baseado em evidências para o investimento e a implementação de programas com resultados comprovados. Promove a responsabilidade, permitindo ao Governo de Moçambique comunicar de forma precisa, consistente e abrangente sobre o cumprimento dos compromissos  nacionais em SMNI&N, através das estruturas de responsabilidade nacionais e internacionais, tal como a Comissão de Informação e Responsabilidade para a Saúde das Mulheres e Crianças.

COM A NEP, MOÇAMBIQUE PODE CONSTRUIR PLANOS DE FORMA FUNDAMENTADA

O processo de avaliação contínua da NEP reforça os programas, do início ao fim. Os programas são avaliados dentro dos seus contextos complexos e de parceiros múltiplos, para que os "silos" do programa sejam decompostos e os serviços possa ser integrados de forma mais estratégica e efectiva. Dados e análises mais abrangentes permitem aos planificadores do programa identificar populações não alcançadas, e fazer ajustes com base nas evidências mais recenes. A monitorização do programa e os dados de resultados estão disponíveis para análise posterior através de uma plataforma central, para que seja mais provável de ampliar e replicar os projectos bem sucedidos. Os decisores políticos podem basear as decisões de investimento em evidências objectivas da necessidade e eficácia de intervenção. A NEP capacita os decisores em Moçambique para basear o seu planeamento estratégico e de programas com base em fundamentos fortes e objectivos.